Estudo relacionando violência doméstica e impacto no mercado de trabalho é destaque na imprensa nacional

5 de setembro de 2017
Pesquisa sobre violência contra a mulher, coordenada pelo Professor 
José Raimundo de Araújo Carvalho Junior, do Departamento de Economia Aplicada da FEAAC, ganha destaque na imprensa nacional. Foi publicada na revista EXAME, no dia 23 de agosto do corrente ano, uma matéria abordando o impacto da violência contra a mulher no mercado de trabalho.

Segundo o professor José Raimundo (Coordenador da Pesquisa de Condições Socioeconômicas e Violência
 Doméstica e Familiar contra a Mulher –PCSVDFMulher) os impactos da violência doméstica no mercado de trabalho brasileiro são consideráveis, chegando a uma estimativa de pelo menos 975 milhões de reais de renda perdida por ano.

“É uma questão de racionalidade. Com a diminuição da violência doméstica, as mulheres têm menos problemas de saúde e são mais produtivas. A empresa ganha mais e vai repassar mais para a mulher”, diz o Professor de economia da FEAAC/UFC e coordenador do estudo. “Ajudar no combate à violência faz sentido não só do ponto de vista humano como também da gestão corporativa.”